Dorival D'Angieri, o "Vazinho"

Dorival D’Angieri, o “Vazinho”, nascido a 08 de junho de 1912 e falecido a 29 de outubro de 1988. Vazinho, em meados da década de trinta ingressou no grupo musical “Os Chorões do Japy” que teria sido fundado por “Luís Chiavegatti”, vulgo “Patápio” em 1919 e dirigido por este até 1947 e era composto por Jacó (chocalho); Patápio (flautista), Aquilino (clarinete e saxofone), Mário Mazzola (violão), Zé Doval (cuíca), o próprio Vazinho (surdo e violino), Benedito Soares, Carlos Cordts e pelo cantor Benoit–Benedito de Pula Certain. Com o decorrer dos anos houveram novos músicos, pois os Chorões do Japy continuaram até fim da década de 40 e mesmo até início da de 60.

Vazinho começou a trabalhar cedo, e logo aos treze anos foi funcionário da loja de roupas Kalaf e depois funcionário da Cooperativa da Companhia Paulista de Estrada de Ferro atuando como comprador, logo foi promovido a chefe onde se aposentou nos idos de 1967. Para falar de Vazinho e sua música, a história se confunde com a dos Chorões do Japy, e para contar esta história, nada melhor que uma crônica do Prof. Erazê Martinho, que com suas próprias palavras expressa a musicalidade, a poesia e a magia destes músicos maravilhosos em sua época de fantasia:

ligar música
Site desenvolvido por iD Studio 2010
Home
In Italiano
visitante(s) online no momento | no total